O projeto do Clorador foi realizado na Escola Municipal Padre Caetano, que à época contava com 36 funcionários e atendia 174 alunos da educação infantil ao 9° ano. Identificou-se que todos bebiam a água que vinha direto de um córrego e chegava na caixa d’água sem tratamento algum. A água era turva e amarelada, e casos de contaminação dos alunos eram recorrentes na escola.

O projeto visou a montagem e instalação de um clorador simples de água de baixo custo, com materiais facilmente obtidos em lojas de materiais de construção e de um filtro para contenção de impurezas. Após a finalização foi realizada uma análise da água que revelou resultados positivos dentro das expectativas do núcleo em comparação com a análise realizada antes da instalação.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável