Engenheiros Sem Fronteiras + X-LAB + Lupa Mutirão e a transformação no Educandário Carlos Chagas

Você conhece o Educandário Carlos Chagas? O Educandário é uma instituição de Juiz de Fora que funciona desde 1942. Atualmente, ele abriga 26 pessoas de idades variadas entre 18 e 60 anos que possuem alguma deficiência física ou mental. Essas pessoas moram na instituição, onde recebem cuidados físicos e psicológicos. A maioria delas não possui família. Esse ano o Educandário começou a atender também moradores da região que precisam de reabilitação social.

O Educandário é uma entidade filantrópica que tem um convênio com a Prefeitura de Juiz de Fora, mas é mantido principalmente por parcerias com empresas e pessoas dispostas a fazer doações. A inconstância de doações torna difícil a manutenção do edifício, que já tem mais de 70 anos e estava bastante desgastado.

O Engenheiros Sem Fronteiras – Núcleo Juiz de Fora, já realizou diversas ações no local. Outros grupos, como o X-LAB e o Lupa Mutirão, também realizam trabalhos parecidos na casa. Foi assim que esses grupos decidiram se unir para realizar uma grande reforma nas dependências da instituição. A ideia surgiu após uma conversa entre integrantes do ESF-JF e do X-LAB, que decidiram convidar também o Lupa.

Após essa conversa, foram realizadas reuniões internas em cada um dos grupos, que apoiaram totalmente a causa e começaram a se mobilizar. O primeiro passo foi mobilizar também a sociedade para arrecadar recursos para a realização das obras. Assim foi lançada uma campanha para arrecadar materiais de construção e pintura, brinquedos pedagógicos, livros e aparelhos de ginástica para uso dos beneficiados. Uma vaquinha online foi realizada para cobrir outros gastos. No dia 16 de março, integrantes dos três grupos se reuniram no Calçadão da Rua Halfeld para divulgar a causa e receber doações.

O lateral direito da Seleção Brasileira de Futebol, Danilo, contribuiu com a ação doando uma camisa oficial autografada por vários jogadores. A camisa foi utilizada como prêmio em uma rifa para arrecadar recursos para comprar mobiliários e eletrônicos. A Miss Brasil Be Emotion 2019, Julia Horta, também apoiou a causa divulgando em suas redes sociais. O portal Tribuna de Minas, a Rádio Cidade, a TV Alterosa, e a TV Integração também foram grandes apoiadoras, cedendo espaço em suas programações para que as ações fossem divulgadas.

Além das doações, também foi necessário que houvesse ajuda para realizar as obras. Muitos se dispuseram a ajudar, e foi aberto um formulário para que todos os interessados se inscrevessem. No dia 23 de março, uma pré-ação foi realizada com o objetivo de preparar o Educandário para a reforma. Integrantes dos três grupos limparam e organizaram o local, deixando tudo pronto para a reforma.

Uma semana depois, no dia dia 30 de março, a tão esperada hora chegou. 150 voluntários compareceram ao Educandário e dedicaram o seu dia para realizar reformas na infraestrutura. Foram feitos reparos, paredes foram pintadas e algumas receberam grafites. Houve mudanças na iluminação e colocação de gramado. Os novos aparelhos e brinquedos foram entregues. Ao fim do dia, o Educandário era um novo lugar. Você pode ver mais detalhes do processo nesse vídeo feito pelo X-LAB.

Diego Liberato, que é integrante do Lupa Mutirão e ex-morador do bairro Carlos Chagas, disse que “O espaço ganhou vida, ficando muito mais alegre e dinâmico, um verdadeiro lar!” Para ele, “A ação conjunta foi um momento incrível! Foi uma excelente oportunidade de devolver ao local de onde vim um pouco dos conhecimentos adquiridos em minha trajetória. Outro fator importante foi dar visibilidade as pessoas que sofrem com algum tipo de transtorno mental, mostrar que é possível reinserir os moradores na rotina da sociedade.”

Milton Brovini, membro do X-LAB, concluiu que “A parceria X-LAB, Lupa Mutirão e Engenheiros Sem Fronteiras definitivamente veio pra ficar. Mobilizar centenas de jovens por uma causa plural, de bem ao próximo e enxergar a transformação ao final de 12h de intenso trabalho é muito gratificante. Isso é empreendedorismo social! A recompensa, impagável, é o sorriso dos internos ao final da ação e a sensação de bem-estar consigo mesmo. Que venham mais ações, mais mobilizações e mais transformações!”

Você também pode fazer parte dessas transformações! O Educandário continua precisando de ajuda e você pode contribuir muito doando roupas e alimentos ou ainda o seu tempo, visitando o local. O Educandário fica na rua Eunice Weaver, no bairro Carlos Chagas, (atende pelo telefone (32)2101-7500) e está sempre aberto para visitas. Seja você a transformação que quer ver no mundo!